27 março 2013

Meu Querido Diário #3


Desde menina escrevo aqui tudo o que me acontece, no inicio não entendia muito bem o porquê, mas hoje sei que é por necessidade de desabafar e conseguir compartilhar o que penso nem que seja com uma folha de papel.

É até estranho eu consigo escrever tudo o que penso e sinto, mas vai eu tentar falar tudo isso aí já é outra história que eu prefiro deixar que outra pessoa escreva por mim.

Desde que eu não tenha que ler tudo isso em voz alta e não questionem o porquê de cada linha, eu posso permitir que leiam.

Eu sou um pouco estranha mesmo, estou sendo modesta eu sou muito estranha, nasci na época errada. Eu gosto de sentar na varanda com um bom livro e uma xícara de chocolate quente num fim de tarde. Gosto de conversar ao por-so-sol.

Minha mãe nunca me entendeu muito bem sempre me achou deslocada. Cresci no meu quarto entre minhas histórias e histórias de outros. Minha melhor amiga foi Alice e o coelho sempre atrasado. O que posso dizer a meu favor quanto a isso não nego quando me chamam de estranha eu prefiro mesmo livros a gente. E minha vida está indo bem dessa forma.

Quer saber se tenho namorado? Não. Mas posso inventar um ao meu gosto. Afinal imaginação, papel e caneta não me faltam.

Essa tag estava um pouco abandonada e como estou de mudança estava remexendo nos velhos diários e me deparei com esse texto, como eu mudei não melhor eu cresci.
Esse texto foi escrito no dia 27/03/2009. Acho que melhorei bastante não acham? Tenho namorado, amigos, leitores, pode se dizer que hoje sou uma pessoa sociável :D

Não deixem de mandarem seus textos para o blog, domingo tem Espaço do leitor no #JAD.

Está chegando o dia do sorteio, se não participou ainda dá tempo e quem já está participando pode aumentar as chances de ganhar um super kit.


11 comentários:

  1. Oi, Julie.

    Que bom você ter arrumado um namorado. Acho que muitos adolescentes são meio peculiares; eu era. É bom ser autêntico, aproveite essa fase. ;)

    Beijos,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderExcluir
  2. Adorei, o diário é onde podemos compartilhar tudo sem medo...
    beijos

    ResponderExcluir
  3. é muito bom desabafar!!!!
    Bjs - Suzana Rosa - www.rosachiclets.com.br

    ResponderExcluir
  4. Such a cute post. Thanks for sharing! I just came across your blog and I'm your newest follower :) Would you mind checking out our blog and (if you like) following back via GFC and Bloglovin'? We also have a giveaway going on right now! xx

    Blog: sixthtractate.blogspot.com

    Enter our current Giveaway!

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto, sempre bom ver papel e caneta como um refúgio, usar um diário como companheiro.

    http://iasmincruz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. è linda evolução, mas é ainda mais lindo ver o que passou e não se arrepender de nada, ter vivido completa e intensamente.

    Lectícia Péttine

    ResponderExcluir
  7. Sei como é parecer estar na época errada. Também prefiro mil vezes um livro a qualquer outra coisa.
    E escrever em um diário é meio que um hobby.
    Beijos, Aline
    24 dias de primavera

    ResponderExcluir
  8. Awn, que legal*-* Também me considero muuito estranha, mas gosto disso, ushau
    Beijos Julie♥
    http://menina-do-sol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu também cresci como você, e também mudei, hoje me considero sociável e mais feliz!

    ResponderExcluir
  10. Que lindo seu blog, seguindo ^.^

    http://invernoinparis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir