04 fevereiro 2014

Resenha - A Culpa é das Estrelas


Livro:  A Culpa É Das Estrelas
Autor: John Green
Número de páginas: 288
Editora: Intrínseca
Ano de lançamento: 2012


Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

 
Já faz duas semanas que li “A Culpa É Das Estrelas” – e mesmo após todo esse tempo – continuo sem palavras para expressar como esse livro tocou o meu coração, nem sei como começar essa resenha. Uma trama que me fez sorrir chorar e perceber que a vida pode ser um dia. Meu coração ficava cada vez mais apertado enquanto os capítulos acabavam. Eu não queria que o livro acabasse – não da forma como acabou. Nunca tinha lido nada do autor a forma como John Green construiu o desfecho é fantástica! Os protagonistas possuem muitas características diferentes e constroem uma conexão que prende o leitor de uma forma que é impossível se desligar dos sentimentos ou das situações que eles enfrentam. O tipo de livro que faz você refletir sobre a vida e a morte. Se o destino – cheio de surpresas – é justo ou injusto. E – principalmente – que nunca estaremos preparados para o ponto final que encerrará a nossa vida.
 
 
Hazel é uma paciente terminal de dezesseis anos – descobriu o câncer quando tinha treze anos – que faz faculdade e tenta levar a vida como se fosse uma adolescente comum. Porém, seus pais não acreditam que ela é capaz de lidar com a sua doença e decidem que ela deve frequentar um grupo de apoio composto por pessoas que possuem os mesmos problemas que ela. Hazel – obviamente – detestou a ideia, mas ela não suportava o sentimento de culpa quando magoava os seus pais. Mesmo contra a sua vontade, ela passa a frequentar o grupo de apoio e conhece Augustus – um garoto charmoso e cheio de filosofias. Dois destinos ligados por uma doença que não promete o “amanhã”, mas sim o “agora”. Até que ponto é possível amar algo que já possui um ponto final? 
 
Uma trama que irá ultrapassar as barreiras de uma promessa. Não espere uma história com um final “felizes para sempre. Prepare o seu coração e embarque nas aventuras de um jovem casal que – apesar de não terem a certeza de um futuro – irão fazer de tudo para encontrar o amor em meio ao desespero e viver cada momento como se fosse o último.

Já leram? O que acharam? Me contem tudo nos comentários.

9 comentários:

  1. Eu sou completamente apaixonada por esse livro.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
  2. É um dos meus livros desejados *-*
    (sortuda rs)

    bjinhos, www.chadecalmila.com

    ResponderExcluir
  3. Quero muito ler esse livro!!!
    Beijos, Aline
    http://24diasdeprimavera.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa, como este livro está famoso, né?!

    Bjs – Su
    www.rosachiclets.com.br

    ResponderExcluir
  5. Um dia eu ainda farei uma resenha sobre esse livro. Por que minha opinião é bem diferente da maioria que leu. Sim, o livro é bem escrito. Sim, a história é bonita. Mas para por aí pra mim. Não me emocionou, não mudou a minha vida e de longe não é meu livro favorite. E incrivelmente não me fez chorar. Acho que fiquei meio frustrada com ele hahahaha

    ResponderExcluir
  6. Estou doida pra chegar a vez dele, não gosto de ler vários ao mesmo tempo.

    GABRIELLY ROSA ♥

    ResponderExcluir
  7. Oi, Julie!
    Eu já li esse livro, e, sinceramente (não me crucifique), não gostei! Nem vou ficar explicando as razões, porque já vieram me xingar no blog por conta disso, e prefiro evitar situações assim, né?
    Entrei no seu blog pelo link da tabelinha do Felicidade pelo Correio e estou lendo todas as posts! A minha favorita até então é a dos looks de moletom (AMO moletom!).
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  8. Eu já li A Culpa É Das Estrelas e é um dos meus livros favoritos. Nunca tinha lido nada do autor antes de lê-lo também, e me apaixonei demais pela escrita do John Green. Quero já ler muitos outros livros do autor e com certeza, ACÉDE também me tocou demais. Me fez abrir os olhos pra enxergar coisas que realmente importam. Um dos melhores livros que já li na minha vida, com certeza.

    xx, www.ladodecoragem.tk

    ResponderExcluir
  9. Oi adorei sua resenha...mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos..acesse o link..www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem..

    ResponderExcluir